quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

"Vocês sabem do que eu estou a falar"!...


A capa de hoje do jornal A Bola revela três coisas importantes que toda a grande nação sportinguista deverá considerar sempre que pense em comprar um jornal desportivo:

1 - Que o Sporting, Bruno de Carvalho e Jorge Jesus são entidades e pessoas consideradas e respeitadas naquela casa, mesmo que as últimas se tenham colocado a jeito, através de acções e palavras que deveriam ser, de todo, proibidas, não fossem os espelhos ainda continuarem por quebrar em Alvalade.

2 - Que as "privilegiadas fontes do jornal" - os deuses ou Jorge Sousa! - já terão assegurado ao "Serpa chegador de Carvão", que Pizzi vai marcar - falta saber quantos - golos no próximo dérbi.

3 - Que só haverá um caminho para o Leão ser considerado e respeitado.

"Vocês sabem do que eu estou a falar"!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Caro Álamo,

    Não vou tapar o sol com uma peneira. Não vou varrer para debaixo do tapete o lixo, a desgraça e as desilusões que se têm vindo a acumular. Isso não!
    Querer esquecer o descalabro de ontem, na noite gélida de Varsóvia e virar as agulhas para o jogo do Benfas é atear ainda mais o fogo do vexame. Não o faças por favor. Sempre enfrentaste as adversidades de frente e este blogue tem sido um baluarte do Sporting Clube de Portugal
    Não sei do estás a falar. Só sei que esta frase é atribuída a um indivíduo pequeno e feio que trouxe consigo raiva, ódio, desilusões, e que instiga constantemente a um estado de conflitualidade que só nos prejudica. Por aí não vamos lá. Falemos de Nós. Pizzi? Quem é esse? É jogador do Sporting?
    Sinceramente, eu hoje estou com uma azia brutal e tenho pouco tempo disponível para escrever. Como te disse ontem, estou a trabalhar e já ouvi das boas. Champions e Youth. Um mal nunca vem só. E só vou dar-te mais uma deixa. Sousa tem sido o melhor deles todos. E aqui deverás saber do que eu estou a falar. Faz lá uma retrospectiva e diz-me.

    PS. Consegues entender 10 folhas A4 impressas e coladas à parede, na minha secção com a palavra “LIÈGE” em maiúsculas e por baixo “PARABÉNS, livraste-te de boa. Disseste adeus à Europa!”

    Sporting sempre!
    SL

    JOSÉ CORTESÃO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ambos sabemos do que cada um de nós está a falar. De algo que só acabará no dia em que o Sporting alcançar o HEXA. Se algum de nós terá a felicidade de ainda poder assistir a isso, não sei. Mas há muito que cheguei a esta triste conclusão: os "sousas", os "homens pequenos", os "lacaios" e os "DDT's" apenas poderão ser erradicados do "pântano do futebol português" com o mais poderoso dos anti-infestantes que alguma vez foi produzido, o HEXA LEONINO!...

      E digo-te mais amigo: as "papaias" nunca ganharam campeonatos! O cão que ladra não morde!...

      Quanto às 10 folhas A4, entendo. Oh se entendo! Mas acredita que também para esses o remédio será o HEXA! Antes disso, estaremos condenados a oferecer-lhes o nosso desprezo!...

      Se te deres ao trabalho de multiplicar por 20 ou 30, as folhas A4 com que foste agraciado, ficarás muito próximo de saber as folhas A4 que recebo por aqui diariamente da mesma origem, sob a capa "horada e corajosa" de anónimos! Só o HEXA lhes acabará com a espécie!...

      Sporting Sempre!
      SL

      Eliminar
  2. Caríssimo,

    Hexa?!?
    Muito respeitosamente permita-me discordar do sr. Álamo.
    Como é que alguém de nós pode pensar no hexa, se há muitas épocas não conseguimos vencer um, unzinho?
    Não vivo de sonhos, de demagogia e de constantes promessas falhadas. Seria bom que isso acontecesse, mas a realidade é bem dura – “erros meus, má fortuna, …
    A nossa vivência tem incorrido sistematicamente no erro. No erro de em vez de olharmos para dentro, olharmos para o lado, como se os nossos vizinhos fossem o mal para tudo o que nos tem acontecido. Convém a alguns que nesta altura eles sejam o cimento que agrega muita gente nossa, apregoado por BdC para manter a sua posição intacta e segura.
    Relembro-lhe, caríssimo sr., que quem ocupou o nosso lugar foram aqueles que sorrateiramente, enveredaram por uma luta contra o Benfica, mas relegando e ostracizando deliberadamente tudo o dissesse respeito ao nosso Sporting.
    Esses são “os nossos amigos” azuis e brancos e o seu capo. O capo que enganou o Papa e a Cúria Romana, exibindo a sua amante como sobrinha e afilhada e com a conivência de um padreco que ia na comitiva. O capo que nos finta há mais de trinta anos.
    Os nossos caminhos têm sido sinuosos, tortuosos e onde a lealdade continua a ser sempre uma palavra vã. Infelizmente isso continua quando se constituem tribunais populares para imolar antigos presidentes em público, tentando achincalhá-los, quando se escondem as contas e não se justificam os prejuízos, quando se rasgam contratos, quando se fala grosseiramente em nádegas, ânus e ventosidades. Não, não é isto o meu Sporting! O Sporting que eu aprendi a amar e a respeitar nas pessoas que o lideraram, mesmo nas horas amargas de derrotas ou em períodos financeiramente negros.

    Quanto ao compêndio de boçalidade que está à frente (ele não lidera, está à frente) da nossa equipa de futebol, continuamos a ser literalmente gozados pela sua vaidade e presunção. Para ele, educação, cultura e conhecimento são palavras sem significado que lhe entram por um ouvido e saem pelo outro. Não ouve ninguém, nem os seus mais próximos. Ninguém se atreve a confrontá-lo com as realidades e as asneiras que nos têm custado derrotas humilhantes. Muito mais haverá para lhe dizer, sr. Álamo, mas não quero flagelá-lo. Bastam as amarguras que eu, o sr. e muitos, muitos mais, experimentamos e continuamos a experimentar. O sr. diz que é este o caminho e que partilha as estratégias, as políticas, as práticas do dia-a-dia actuais. Mas em contrapartida, há uma maioria silenciosa que não se manifesta. Quem se manifesta é logo apontado a dedo, como infiltrado ou Sportinguista de conveniência.
    Custa-me ver, por exemplo, Vicente de Moura a alinhar em mentiras e palhaçadas, dando voltas ao relvado atrás de um mercenário qualquer. Custa-me ver o nosso presidente envolvido na arruaça. Custa-me ver uma TV onde me arrepio só de ver Carlos Dolbeth. Custa-me ver o oportunismo de Inácio. Sr. Álamo, teremos de mudar muita coisa e haja pelo menos contraditório audível para esclarecimento dos sócios e adeptos.

    Respeitosamente, com um Viva o Sporting Clube de Portugal

    SB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o caro Salustiano Bragança, mas discorda de quê?! Será que não me permite a utopia que expressamente coloquei na resposta ao caro José Cortesão?! Será que não vivemos num país livre e que nem utópicos podemos ser?! Ou será que para além da carga colossal de impostos com que a Troika e o Passos nos comtemplaram, também não nos é permitido sonhar?!...

      Creio que terá lido apressada e demasiado superficialmente a minha resposta ao comentário de José Cortesão. Só poderá ter sido isso.

      Eu, apesar de ter chegado recentemente aos 70, ainda julgo ter o direito de sonhar com o meu Sporting HEXACAMPEÃO! E esta hem?!...

      Eliminar
  3. Caríssimo,

    Sim, é verdade! O sonho comanda a vida!
    Sorri com a sua resposta e obviamente que retiro o "discordo". Mas olhe que li com muita atenção a sua resposta ao caro José Cortesão.

    Ok! Hexa.
    Cordialmente, com um viva ao SCP!
    SB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já posso desligar o pc e ir dormir descansado, com um sorriso de orelha a orelha e ... sonhar com o HEXA!...

      Obrigado SB, com um viva ao SCP!

      Eliminar

PUBLICIDADE