quinta-feira, 10 de maio de 2012

O regresso dos nossos - Nuno Reis




Após o espectacular FIFA U-20 World Cup Colombia 2011, onde Portugal brilhou, Nuno Reis, defesa e capitão da selecção nacional de sub-20 foi o único português na equipa ideal da prova. O jogador do Sporting foi descrito pela Agência EFE, como «o director de orquestra de uma defesa dona da única baliza invicta entre os qualificados para a final. Rápido e seguro, sabe controlar a força: não viu nenhum amarelo».
Desse fantástico Mundial, onde apenas caímos na final, mas de pé e sem vergonha,  destaco a afirmação de Nuno Reis, ao site (FIFA.com # Tuesday 16 August 2011):
I’m proud to captain Portugal !...
Depois, Nuno Reis regressou com os seus companheiros a Portugal e após curtas férias, voltou a ser emprestado ao Cercle Brugge. Era o tempo de Domingos Paciência ditar as suas leis e condicionar Carlos Freitas e Godinho Lopes na procura de centrais e Nuno Reis partiu para a Bélgica à procura de se valorizar e... de melhores dias.
O resto da história, no que aos centrais escolhidos diz respeito e bem assim no que aos responsáveis pela sua escolha também concerne, os sportinguistas conhecem de sobejo e gostaria de nada mais acrescentar. Ninguém amassa para fazer ruim pão, mas...
Ricardo Sá Pinto espremeu o limão até ficar com as cascas secas nas mãos doridas. O final da época está aí à porta e resta-nos confiar na sua argúcia e na vontade e garra da equipa que soube moldar à sua imagem, no sentido de alcançarmos o único título ao nosso alcance: 20 de Maio já vem próximo.
Mas a próxima época já baila no pensamento do nosso "Coração de Leão". E pelas razões que todos conhecemos, será muito pouco provável que Rodriguez e Polga continuem, o que determinará a sua natural substituição. Acreditando que muito provavelmente um novo central exterior a Alvalade possa incorporar o plantel, tenho a firme convicção que o terceiro da lista de regressados não poderá deixar de ser Nuno Reis. E nem vou enumerar razões. Elas são tantas...
Nuno Miguel Pereira Reis, cujo trajecto desportivo aqui pode ser aqui apreciado - infelizmente não
aparece descrito na base de dados que me serviu de suporte para este trabalho, a WikiSporting - tem-se destacado no clube belga. Titular em quase todos os jogos, tanto na época passada como nesta, a sua evolução terá terminado e será hora de regressar a casa. Sobre os seus excepcionais atributos técnicos, físicos e de carácter, as sua exibições e os elogios recebidos por parte da crítica internacional, são para mim mais do que suficientes. Ainda tenho na boca o travo amargo do seu reenvio para o Cercle Brugge depois do mundial que realizou. Oxalá Ricardo Sá Pinto não repita o erro de Domingos Paciência...
Por mim será aposta segura, de 9 para 1 !!!...

Leoninamente,
Até á próxima


Sem comentários:

Publicar um comentário

PUBLICIDADE