segunda-feira, 21 de novembro de 2016

IMPERDÍVEL!!!...


GOMORRA À PORTUGUESA

»... Não é por acaso que BdC tenha tido mais problemas com presidentes de clubes (Arouca, Marítimo...) em 3 anos do que Luís Filipe Vieira em 13. Na LFPF, vive-se de joelhos, à espera de esmolas. Não há ambição. Ninguém sonha. Sonhos no futebol português, só na Taça. Na LFPF, só se sonha ganhar ao Sporting e, em certa medida, ao Porto. Contra o Benfica, é derrota garantida. Seja através de ameaças ou de ajudas, a verdade é que LFV conseguiu ganhar o controlo do bairro "Secondigliano" e não há ninguém que o desafie (excepto BdC, o "Ciro"). A bonomia com que os clubes mais pequenos defrontam o Benfica é a maior conquista de LFV no "tugão". Tal como a Juventus em Itália. Os empréstimosMiguel Rosa, compras de bancadas, compras de passes, oferta de receitas, treinos no Seixal... tudo ofertas que ninguém pode recusar.»
(Gomorra à portuguesa, in blog COM QUEM JOGA O SPORTING)

Deixo por aqui a todos os sportinguistas e outra gente séria, a minha viva recomendação para o extraordinário texto de Captomente, autor do blog "COM QUEM JOGA O SPORTING?".

IMPERDÍVEL!!!...

Leoninamente,
Até sempre, Sporting Sempre!...

10 comentários:

  1. Não há ambição. Ninguém sonha. Sonhos no futebol português, só na Taça.

    vejo a primeira liga povoada de imbecis. Já não há clubes bairristas, já não há farenses, salgueiros e gente como o fiuza. Agora vão para a bancada de sócios do portimonense-sporting com o cachecol do benfica. Não têm vergonha nenhuma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É das coisas que mais me revolta: ver adeptos de um clube a assistir a um jogo do seu clube da terra, com cachecóis dos lã-piões.
      É falta de bairrismo e falta de amor próprio. É lavagem cerebral.
      Revoltante ver isto em crianças.

      Eliminar
    2. O bairrismo é um doença. Numa altura em que estamos na globalização o bairrismo é o mesmo que andar com palas nos olhos como os burros e as mulas.
      Mas eu percebo a frustração. Os andrades queixas do mesmo.
      O mundo não para e não se para com as mãos.

      Eliminar
    3. "O mundo não para e não se para com as mãos."

      Descobri agora uma coisa! O novo acordo ortográfico foi feito para facilitar a vida aos lampiões...

      Eliminar
    4. Não sei se não és tu que andas com "palas nos olhos como os burros e as mulas". De facto, com mais ou menos "vouchers com 4 jantarinhos", "negociatas estranhas" e "malas pesadas em transito", são apenas pormenores, neste mundo globalizado. E depois os outros é que sofrem de frustração...

      Eliminar
  2. Bom dia.
    Pois... mas o que interessa para os "sonhadores" da CS, é o caso da "cuspidela"...
    SL

    ResponderEliminar
  3. Na falta de melhor, as desculpas que se inventam. Emprestados também o Sporting os tem e em maior número, assim com passes de jogadores. O Miguel Rosa tem as costas grandes. Quanto ao resto são “pinears”.
    Já agora, como explica um titular (Guedes) do Tricampeão ser suplente do Pondence?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Guedes foi titular no triladroato?

      Eliminar
    2. Simplesmente, porque Podence já é e, no futuro, será muito melhor que guedes.

      Eliminar
    3. empréstimos tipo "Miguel Rosa"? Deves estar enganado e atualmente, até esta questão dos empréstimos está ultrapassada. Agora compras de bancadas, passes, oferta de receitas, treinos no "Dubai", são os novos instrumentos do boifica e dos boifiquistas.

      Eliminar

PUBLICIDADE