terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Obrigado Manuel Fernandes!...



"Desvia-te 'Manel', que isto não é contigo": as revelações de Manuel Fernandes, hoje no Tribunal em Monsanto
Julgamento do Ataque à Academia

Manuel Fernandes, que à data do ataque à Academia coordenava o departamento de 'scouting' do clube, terá referido hoje em tribunal, entre muitas outras coisas importantes (LINK), algo que particularmente me interessou:

«Tivemos uma reunião na véspera e o presidente disse uma frase que me fez pensar que ele se estava a referir ao despedimento do treinador: "Amanhã, vamos estar todos na academia às 16:00, e aconteça o que acontecer vocês estão comigo?"»

Desde que, ainda muito jovem, me julguei capaz de olhar para o mundo e compreendê-lo, sempre recusei ser juiz em causas que de algum modo fossem estranhas ao tribunal da minha consciência. No meio de todas as reservas que tantas vezes me têm merecido inúmeros acordãos dos nossos tribunais, que tal como Galeano nos ensinou, sempre se assemelharam, às víboras, mais capazes de morder os pés descalços, do que em imitar Salomão, sempre abjurei sentenças populares ou populistas, ou como queiram entender as sentenças ditadas por mutidões emotivas, alienadas, manipuladas...

Mas o "tribunal da minha consciência", desde aqueles dolorosos dias que se seguiram a 15 de Maio de 2018 e perante os dados que me foram chegando em catadupa, ditou-me a sua irrecorrível e obrigatoriamente reservada sentença, que acatei e reservei para mim, independentemente das inevitáveis consequências que determinou na minha forma de olhar para quantos então constaram do volumoso lote de condenados, sendo, a partir daí, sobejamente conhecida a minha posição em relação a todos eles, particularmente em relação àquele que desde a primeira hora, coloquei na 'cabeça da manada'!...

O testemunho de hoje do nosso "eterno capitão", trouxe-me a dissipação completa de todas as dúvidas que porventura ainda pudessem subsistir no espírito deste "eterno poeta e leão" que nunca deixarei de ser!  Compreendo hoje melhor, o semblante, triste, acabrunhado e decepcionado que, desde esses tenebrosos dias, sempre julguei ver no "nosso capitão". E a minha consciência está agora e finalmente, em paz com o 'acordão'...

Obrigado Manuel Fernandes!...

Leoninamente,
Até à próxima

6 comentários:

  1. Espera aí! Então, mas pegar em frases soltas e subjetivá-las já é Direito?! Se formos por aí... Toda a gente termina condenado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério Helder?! E quem decide entre objectividade e subjectividade, é o Helder ou o juiz que existe em cada um de nós?! Muito mal andaria o mundo se se regulasse pela cabeça do Helder! Mas coitado do Helder, continua ridiculamente convencido de ser detentor do absoluto da Verdade! Que lhe valham os deuses, ao Helder, já que ninguém mais lhe pode valer!...

      Eliminar
  2. As certezas absolutas são reduto sagrado do Álamo! Assim como aquela certeza absoluta que o problema insoluvel do futebol leonino era o Keizer... Agora, o problema é para aqueles que tendo andado a construir uma pseudo verdade, que, findo este tempo, vai demonstrando, alicerçar-se em areias movediças, baralha o raciocínio... Não se esqueça dos encómios que destinou ao Cintra... Agora, não o pode censurar, caso contrário, a coluna ressente-se...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais do que a minha coluna, que jamais se ressentirá por aplaudir o que estiver certo e criticar o que estiver errado, ressentir-se-à a sua consciência se o Tribunal de Monsanto vier a condenar o "deus na Terra" que Helder Mestre idolatra e continua a venerar, contra tudo, contra todos e até contra si próprio! É cada vez mais difícil de suportar a sua presunção de pés de barro e descabida e insultuosa pesporrência! Deixe de cuspir no prato onde muitas vezes comeu a sopa! Lave o seu coração e desencarda a sujidade que lhe vai na alma! Tente ser uma pessoa melhor e deixe de encolerizar os deuses, que já tanto o castigaram, talvez por o merecer, quem sabe se pelo seu mau carácter e sentimentos obnóxios e desprezíveis...

      Eliminar
    2. Alamo no céu e Varandas na terra... É a única verdade que o triste ser que escreve neste blog conhece. Nem um texto sem ser faccioso... Inacreditável... Ridículo.

      Eliminar
    3. Faltou colocar o Jeremias nos infernos e em lume brando!...

      Eliminar

PUBLICIDADE