quarta-feira, 27 de agosto de 2014

SPORTING B, lá em cima, sempre lá em cima !!!...



Foi o primeiro jogo da equipa B do Sporting, a que tive oportunidade de assistir esta temporada. Mentiria se dissesse que gostei francamente daquilo que se desenrolou no Estádio Aurélio Pereira da nossa Academia. O Sporting foi claramente superior e a vitória não tem discussão. Mas futebol, meus amigos, daquele que nos prende o olhar ao televisor, lamento, mas ainda não vi.

Existirão atenuantes várias para o facto de o futebol exibido pelos nossos "jovens leões", AINDA não ter atingido a beleza que os adeptos mais exigentes desejariam apreciar. Estamos em pleno arranque da época, a equipa reflectirá AINDA muitas das dúvidas de quem tem de decidir o "quarteirão A", e o Barão da B, imagino, nem saberá bem para que lado se há-de virar! Se não forem os adeptos leoninos a compreender esta realidade, quem o fará por eles?!

Que me desculpem todos os outros leões que estiveram em campo, mas o meu "binóculo" incidiu particularmente naqueles para quem a nossa Academia é uma realidade recente. Não porque eu menospreze o talento, o esforço, a dedicação e a devoção dessas nossas "pérolas". A admiração continua aqui e a certeza do seu sucesso futuro, dificilmente me abandonará. Mas há nuances em que o adepto que sou, fica impedido de fazer prevalecer o racional sobre o emocional.

Gostei de apreciar o talento de Ryan Gauld. Mas reconheço a bondade e a correcção da decisão da "estrutura leonina". Estará ali um puro "10", que depois de Balakov nunca mais tivemos, mas ainda será cedo para ser lançado às feras. Já escrevi por aqui algo sobre isso. Volto a repisar o tema, para dar a minha mão à palmatória. Será de todo conveniente conversarmos, lá mais para o meio desta terrível maratona da II Liga. Entretanto, deixem jogar o Ryan!...

Fiquei com a convicção, olhando para a actuação de Ramy Rabia, ainda a apalpar a relva de Alcochete, a fixar os rostos dos companheiros e a ambientar-se ao admirável mundo novo que o rodeia, de que teremos ali qualquer coisa parecida com Noureddine Naybet. Erros?! Sim, alguns, mas em absoluto irrelevantes para a minha apreciação, face a tudo aquilo que envolve o jovem egípcio.

Sobre Jonatham Silva, apenas dizer que, a meu ver, terá sido o primeiro e o último jogo que fez na equipa secundária. E não baseio este meu pensamento, no golo monumental com que abriu o marcador. Há muito mais do que isso no lateral argentino. Há talento, maturidade e um tremendo manancial de recursos. Jefferson que não adormeça, se faz favor. De contrário, entregará o ouro ao "bandido" que veio de Los Etudiantes.

Chamando agora à liça Simeon Slavchev, a minha opinião afastar-se-à, de certo modo, do diapasão com que afinei as opiniões anteriores. Estará ainda num estágio de "cozedura" insipiente. Perdido no meio da confusão, vaticino-lhe um estágio na B, parecido com o de Gauld, ainda que por razões diferentes. Faltar-lhe-à a garra e a mística que só Francisco Barão, com carinho e paciência lhe poderão dar, para acertar o passo com os leões. Estará nas mãos dele consegui-lo.

Desagradou-me sobremaneira o "chutão" para frente ainda utilizado por alguns dos nossos leões. Nada disso estará conforme a matriz leonina. Mas ainda será cedo para reprimendas. Acho que devemos deixar jogar os nossos jovens leões e dar tempo a Francisco Barão. 

Entretanto, lá no cimo da tabela classificativa é que é, incontornavelmente, o lugar do Sporting Clube de Portugal! Formar é preciso, sim senhor, mas nada impede de o fazermos com a grandeza do Sporting: 

LÁ EM CIMA, SEMPRE LÁ EM CIMA !!!...

Leoninamente,
Até à próxima

4 comentários:

  1. Eu gostava era de ver o Jony Silva a jogar a lateral direito, numa altura em que Cédric se encontra indisponível e tendo em conta que Esgaio é muito melhor a ala ou interior direito... Vamos a ver como o rapaz se porta no próximo jogo, espero que o Carrillo seja o seu "asa" ("wingman) e que o ajude sempre que preciso a defender.

    ResponderEliminar
  2. Caríssimo Álamo:
    Já reparou como a nossa bendita CS, durante esta semana, fala em chegadas para a capoeira, mas só de saídas no nosso Clube? Até o Enzo, para tranquilizar o galinheiro, foi logo dito que já não saía, quando pessoa minha amiga, muito ligada ao clube, me garantiu que vai mesmo embora, a seguir ao jogo de domingo?
    Disse-me, esse meu vermelho amigo, que aquela alteração do prazo da Liga, foi a pedido do orelhudo presidente!

    Grande Abreaço,
    José Lopes

    ResponderEliminar
  3. Caro Amigo Álamo,

    Os afazeres profissionais não me tem dado muito tempo para poder "botar faladura" aos seus posts sempre interessantes, mas a meio de uma semana tão importante como esta em que temos e devemos estar de "pestana bem aberta" arrisco já um comentário.
    E se o mesmo tivesse titulo escreveria, A champions e a Equipa B.Confusos? Passo a explicar..
    Por razões logisticas, vivo na margem sul, tenho ao longo destes ultimos anos sentado o rabiosque mais vezes nas bancadas de alcochete do que nas do Alvalade XXI.Num clube com matriz formadora como o nosso, a equipa B apareceu como um espaço natural de crescimento dos nossos jovens juniores que se entendem terem potencial para chegar à equipa A, casuisticamente "com o apoio" de suplentes da equipa A. Nos 2 ultimos anos o que assisti foi um conjunto de jovens a lutar por esse objectivo mas que poucos o conseguiram. A realidade é que não houve a necessária conecção entre os Bês e os Ás. O amigo não viu futebol de " encher o olho ontem" , o que não iria dizer de jogos que eu vi o ano passado e à 2 anos..Equipas matreiras, cheias de jogadores batidos e manhosos, a lutarem pelos pontinhos , fizeram-me assistir a jogos que foram manifestamente enfadonhos e tritistinhos. Algo precisava de mudar..E hoje quem escuta a mensagem do treinador dos bês, entende facilmente que o modelo arquitectado vai ser diferente este ano.
    "O que se pretende é que Marco Silva tenha 40 jogadores ao seu dispôr", dizia Barão ontem e como fazer isto? Obvio parece-me.Sempre que o calendário de jogos assim o permita, nomeadamente nos jogos a meio da semana, os meninos, xabi,xico geraldes,daniel pendence,mika pinto
    devem ter a companhia daqueles que treinam com os ás mas que não jogam com tanta frequencia de forma a ganharem ritmo e minutos de jogo. É jogando ao lado de Rabia que Tobias Figueiredo vai crescer mais, é tendo Jonathan Silva na sua ala que Daniel Pondencê (fixem este nome) vai se fazer "homem". Resumindo é tendo a seu lado os melhores que mais se aprende. É neste ponto que eu faço a ligação com a Champions.
    Para azia de muita boa gente, hoje o Jubas veste fato de gala...Estamos onde devemos e precisamos regularmente estar, na Fase de grupos da Champinos, ou seja, entre os melhores.Escolhas? Bem, aqui eu gosto de ser realista e traçar objectivos que estejam ao nosso alcance.
    Ser ambicioso não é um defeito mas em excesso é sonho e muitas vezes trás a descrença.O que seria mau era ficar em 4º do grupo e ficar de fora das competições, o que seria aceitável seria "cair" na liga Europa e ai prosseguir o nosso caminho. Ficar em 2º seria exceder as expectativas, um brilharete. Muitos diram "`És pouco ambicioso!!" eu respondo, prefiro ser assim..
    A unica coisa que peço à "roda da fortuna" é que não coloque no nosso caminho A Roma ou o Mónaco que estão no pote 4.Ficar acima do nosso parceiro do pote 4 é fundamental.
    De resto se estamos na elite , juntos dos melhores do futebol europeu e mundial, se estão lá os Deuses da redondinha, que venham eles!
    É COM OS MELHORES QUE SE CRESCE!!

    PS Aposto que até domingo o menino William vai ser negociado e vendido para 20 "colossos"..

    Saudações Leoninas e aquele abraço cordial da turminha

    ResponderEliminar
  4. LÁ EM CIMA SEMPRE LÁ EM CIMA

    ""TOP 10 CLUBS IN EUROPE

    LAST 5 YEARS

    TEAM POINTS
    1º-BENFICA 104
    2º-ATL MADRID 101
    3º-REAL MADRID 98
    4º-BAYERN 98
    5º-BARCELONA 94
    6º-CHELSEA 86
    7º-BASEL 85
    8º-PSV 78
    9º-VALENCIA 78
    10º-MAN UNITED 72

    UEFA""

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE