domingo, 18 de abril de 2021

É um privilégio sabê-lo em Alvalade, por muitos anos!...


Ao contrário de muitos que se conhecem por aí e ao que se vai constatando em cada dia desta sua recente, surpreendente e meteórica ascensão, Rúben Amorim sempre foi avesso ao uso, até naquela difícil "idade da inocência", de sapatos de salto alto! Os seus normalíssimos e modestos 178 centímetros sempre foram suficientes para lhe permitirem ver o mundo, as coisas e até o futebol à sua maneira. Hoje como ontem, prefere os ténis rasos, práticos, simples, baratos e humildes e parece não ter constituído esse facto qualquer impedimento a que as atenções sobre a sua obra em Alvalade comecem a atingir foros de internacionalização e os resultados, de tão exuberantes, acabem por lhe conceder o pouco usual e até singular epiteto de "mágico alquimista", para mais vindo de onde e de quem agora parece começar a vir! É sobejamente conhecida a parcimónia inglesa sobre o elogio a tudo o que nasça, viva, cresça e pense fora do círculo de giz que limita a ilha de Sua Majestade!...

Pena que os "cães raivosos", criação maldita do futebol português, continuem a conspurcar com a sua baba virulenta o trabalho honesto e sério que tem vindo a desenvolver em Alvalade. Nada que surpreenda, até o próprio Amorim...

É um privilégio sabê-lo em Alvalade, por muitos anos!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Publicar um comentário

PUBLICIDADE