sexta-feira, 5 de abril de 2013

Não havia necessidade !!!...


 
Eu compreendo que a CS se afadigue na procura de factores que possam de algum modo contribuir para minar a estabilidade tão necessária ao Sporting Clube de Portugal neste difícil momento. Podem até essas intenções não ter como objectivo primeiro, aquilo que acabam por determinar e corresponder apenas a necessidades próprias de contrariar dificuldades internas de vária ordem.
Penso até que a posição do professor Jesualdo Ferreira aqui referenciada, será a única postura correcta que todos esses "esforços" deverão ter como resposta, sendo certo que seria bem preferível que fosse o próprio Clube a antecipar desmentidos desta índole, na salvaguarda da tranquilidade do plantel.
Sem prejuízo de qualquer estratégia previamente delineada, também penso que, independentemente do valor que todos os "ghilas", "roberges", "douglas", "josués" e "vitores" deste mundo possam evidenciar, a simples divulgação de eventuais contactos exploratórios deveria significar a sua imediata e irrevogável exclusão, como se ao eventual negócio fosse administrada uma eficaz pílula abortiva. O Sporting Clube de Portugal só terá a ganhar, no dia em que impuser a si próprio e a todos os seus interlocutores este tipo de cultura. Ainda que essa aculturação demore algum tempo a sedimentar e no imediato possa significar algum tipo de prejuízo, os ganhos futuros serão sempre bem mais significativos e recompensadores.
Já nunca compreenderei, o que pode levar um sportinguista como o professor Daniel Sampaio a conceder neste preciso e complexo momento do Sporting Clube de Portugal, a entrevista ao "DN", que ainda não li, nem irei ler já, a correr,  mas que aqui é citada e, de forma descontextualizada, foi aproveitada, para mais uma facada nas costas, da instituição de que até há bem pouco tempo foi vice-presidente da MAG. Pelo respeito e consideração que a pessoa me merece, recuso-me a adiantar quaisquer outros comentários. Mas deixo o meu profundo desagrado e decepção. Não havia necessidade! Agora outros valores mais altos se levantam! Em todo o tempo seria tempo!!!...
 
Leoninamente,
Até à próxima

7 comentários:

  1. Álamo,

    Pela consideração que tenho por ti enquanto bloguer, lê primeiro a entrevista e depois faz juízos de valor (vai lá ler que eu gosto do que escreves).
    Ele faz revelações brutais sobre o desrespeito a que foram votados os sócios do Sporting.

    SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro "Bentas forever",

      Não resisti e acabo de ler a entrevista na íntegra. Eu não fiz qualquer juízo de valor. Apenas fiz um juízo sobre a oportunidade, dado o momento terrível que o Sporting Clube de Portugal vive. Mas, já que está, nada haverá a fazer e a grandeza do Clube há-de ultrapassar mais esta meia dúzia de, ia a dizer achas, mas será melhor dizer troncos, troncos enormes na violenta e colossal fogueira em que umas dúzias de energúmenos interesseiros, egoístas e escroques da alta finança, transformaram o nosso glorioso Sporting Clube de Portugal!
      Como dizes, as revelações de Daniel Sampaio são brutais, ou mesmo demolidoras. Ainda não estou em mim! Tenho de arrefecer, até poder voltar às lides. Desabafo contigo, antes que me ponha a escrever o que sinto, mas que não devo publicar, por amor ao nosso Sporting. É absolutamente terrível o conteúdo desta entrevista. Se eu tivesse optado por não votar em Bruno de Carvalho, ia direitinho à drogaria comprar dois metros de corda! Escuso de te dizer para que seria a corda!...
      Assim tenho orgulho no caminho que escolhi e grito para todo o mundo ouvir, como o nosso Presidente: O SPORTING É NOSSO OUTRA VEZ !!!...

      Abraço e SL

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Caro Fredy,

      O comentário que deixei ao Bentas, também é para ti.

      SL

      Eliminar
  3. Não sei se esta entrevista é boa para o Sporting, nem sei se no lugar dele a dava. Mas também não imagino o sentimento de alguém que teve que gramar com este tipo de pressões e ainda foi enxovalhado da maneira que foi, quando apenas estava a defender os interesses do nosso grande clube.

    Viva o Sporting!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Adolfo Sapinho,

      Estou exactamente com o mesmo sentimento. Continuo a entender que a oportunidade não terá sido a melhor. Mas quem sou eu para criticar uma reacção humaníssima de um sportinguista tão vilipendiado como Daniel Sampaio foi?!...
      Como disse no comentário que deixei ao Bentas, a entrevista está aí e a grandeza do Sporting será, tenho a certeza, suficiente para ultrapassar todos e quaisquer prejuízos que dela possam resultar.

      Viva o Sporting!

      SL

      Eliminar

PUBLICIDADE