quinta-feira, 10 de outubro de 2019

E que ardam no inferno os raivosos e invejosos!...


Varandas ganha crédito

«Frederico Varandas chega à assembleia geral desta noite com um trunfo na mesa: a reestruturação financeira com os bancos, que permitirá ao Sporting fazer uma gestão corrente com menos pressão financeira imediata. A actual administração baseou-se no mesmo acordo anunciado em Abril de 2018 por Bruno Carvalho (na mesma altura em que se dava o princípio do fim da sua presidência), mas com condições mais vantajosas, nomeadamente na diminuição da percentagem de receitas que ficam automaticamente congeladas para pagar dívida bancária. Contas feitas, parece ser um bom negócio para os leões e (mais um) mau negócio para a banca – mas talvez o único possível. Varandas, que já beneficiou das duas vitórias de Silas para acalmar as águas em Alvalade, tem aqui uma boa oportunidade para obter alguma da estabilidade que tanto pede...»

Bem ao contrário dos compadrios, favores e subserviências que revelam as atitudes panfletárias de alguns dos dirigentes dos nossos rivais mais próximos, terão sido as  pressões políticas exercidas pelo BCE sobre a banca portuguesa, no que concerne ao imediatismo exigido na resposta a encontrar para créditos de difícil ou demorada resolução, o elixir de que os dirigentes do Sporting, inteligente e pragmaticamente, se terão valido para alcançar o acordo de reestruturação financeira anunciado pelo Clube ao final do dia de ontem. Tudo o resto há-de ecoar sempre nos ouvidos dos sportinguistas, como deploráveis "sinfonias do desespero, raiva e inveja" e deixará os portadores do embuste e das desculpas de "maus pagadores", numa medonha combustão lenta em que arderão durante muito tempo as suas incapacidades e complexos.

Pois que seja mais uma das muitas vitórias do Sporting...

E que ardam no inferno os raivosos e invejosos!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Publicar um comentário

PUBLICIDADE