sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Dias da Cunha nunca foi homem de fretes!...


"Claques defendem Bruno de Carvalho" 
Dias da Cunha ao lado de Varandas. Último presidente campeão em Alvalade considera que grupos organizados admiram Bruno de Carvalho, o que também justifica os comportamentos recentes. Dias da Cunha visa ainda os que se perfilam para a sucessão de Frederico Varandas. (LINK)

«António Dias da Cunha considera que Frederico Varandas fez bem em cortar os benefícios às claques. 

Em declarações a Bola Branca, o ex-presidente do Sporting, entre 2000 e 2006, aplaude a decisão tomada pela actual direcção, numa altura em que Varandas e seus pares mantêm uma desavença com "Juventude Leonina" e "Directivo Ultras XXI", em particular.

"Têm sido um problema sério. Eu acho que ele o resolveu muito bem, com a decisão que tomou. No meu tempo, passámos a dialogar regularmente e acertávamos aquilo que havia que acertar. Foi um relacionamento excelente até eu ir embora", começa por adiantar Dias da Cunha, de 86 anos, para quem o problema esconde ainda uma cara.

"As claques são, desde do princípio, contra ele, porque defendem o Bruno [de Carvalho]. As claques querem correr com ele e isso torna as coisas muito difíceis, porque [Bruno de Carvalho] é quem eles admiram e consideram", defende o antigo presidente, que considera que Bruno de Carvalho está a instrumentalizar as claques.

"Não são só as claques" que dificultam a missão de Varandas 

Todavia, também, para o último presidente campeão pelo Sporting, não são só as claques que têm dificultado a missão do actual Conselho Directivo. Sem concretizar, António Dias da Cunha aponta o dedo a outros ex-dirigentes do universo sportinguista.

"Não são só as claques que estão a procurar correr com o presidente. Há ex-dirigentes que já se vêem como candidatos a presidentes. O movimento não é só das claques. Há quem pretenda o lugar e esteja a contribuir para tornar a condução do Sporting difícil. Dou-lhe o meu total apoio. Tudo em nome da estabilidade, mas porque o considero uma pessoa absolutamente capaz de desempenhar o lugar de presidente do Sporting neste momento muito difícil que o clube está a viver. O meu conhecimento pessoal dele foi adquirido quando se candidatou a presidente. Transmitiu-me essa competência, essa confiança", assegura.

Saída de Keizer foi "um erro"

De qualquer modo, a terminar, o ex-presidente não deixa de criticar a mudança técnica que levou à entrada de Jorge Silas para o lugar de Marcel Keizer.
"Considero que houve um erro. Foi o despedimento do Keizer. A partir daí o Sporting não parou de entrar em complicações. A equipa enfraqueceu ainda mais", conclui.»

Transporta ao peito o que nenhum outro depois dele poderá ufanar-se: foi o último presidente a ter o privilégio em Alvalade, de mostrar, orgulhosamente, à grande nação sportinguista, a faixa de campeão a atravessar-lhe o peito! Bastaria apenas isso para que as suas palavras fossem importantes. Porém, há algo mais a ter em conta para além disso...
Dias da Cunha nunca foi homem de fretes!...
Leoninamente,
Até à próxima

9 comentários:

  1. Grande presidente, saudades.

    Completamente de acordo, há alguém por "detrás da cortina" a instrumentalizar as claques, e não só as claques.

    ResponderEliminar
  2. Lembro-me bem da presidência de dias da cunha. Tudo corria mal. Íamos com 3 empates. Conseguiram contratar o Jardel. O Jardel marcava golos todos os jogos, fomos campeões. Depois, o Jardel decidiu que não queria jogar, e voltou o descalabro.
    Aí, usava uma estratégia semelhante àquela que está a ser utilizada: a da caça às bruxas.
    Dias da Cunha não se cansava de culpar "O Sistema" por todos os males que existiam. Chegava a ser apelidado de "velho lunático" não só por rivais, como pelos próprios adeptos do clube.
    Adeptos esses que, fartos dessa postura, e não só de maus resultados, como da inaptidão para os inverter, começaram a pedir a sua cabeça (e ainda nem se sabia bem da dimensão da irresponsabilidade com que o património e finanças eram geridas, algo que ainda hoje estamos a pagar bem caro).

    O melhor episódio ocorreu quando alguém escreveu a spray "DIAS DA CUNHA RUA!" em Alvalade.
    Quando questionado sobre isso, o então presidente do Sporting respondeu "é, mais uma vez, O Sistema a tentar derrubar o presidente do Sporting".

    Parece que está de volta.
    Agora, "O Sistema" parece chamar-se "bruno de carvalho".

    os tipos que assobiaram bdc no jogo contra o paços e que apoiaram a candidatura de varandas, estão a ser manipulados por bdc. é uma teoria que requer muita fé, realmente.

    Depois, é isso de dizer que as contestações vêm d'"as claques" ou d'"os brunistas". Primeiro, as contestações vieram APÓS ter-se dado oportunidade a varandas de preparar uma época...e foi o que se viu, com o acréscimo de ainda presentear os adeptos e sócios com insultos nas entrevistas que faz.
    Segundo, são perfeitamente audíveis e visíveis contestações por todos os sectores dos estádios, por vários sportinguistas não afectos a nada disso.
    Terceiro, citando três exemplos de caras conhecidas que são contra varandas: Sousa Cintra, JM Ricciardi e Vítor Espadinha. Ficamos, portanto, a saber, que estão a mando de bdc, e que fazem parte das claques.

    Estar a meter a cabeça na areia e sonhar com contos de fadas de NADA servirá ao nosso clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pelo reconhecimento.

      E esqueci-me de outro ponto:
      Na última AG, foi bem evidente a contestação dos sócios.
      Mais de metade votou contra o orçamento, numa clara mensagem de descontentamento.
      Os votos dos brunistas, nas sucessivas AG's não chegavam, sequer, a 1/3.

      Por isso, apesar de pessoas como dias da cunha preferirem criar narrativas lunáticas (sem NUNCA a fundamentarem minimamente), a realidade, os factos, continuam a dar outra versão da história.

      Posso acreditar-me em bruxas, ou na realidade. Isso já é escolha pessoal.

      Eliminar
    2. O que realmente serve o Sporting são adeptos da estirpe deste Luís!..

      Eliminar
    3. Confundir, querendo comparar, uma AG eleitoral com uma AG de discussão de Orçamento, só mesmo por piada -porque, por má fé ou palermice, não acredito, Luís.

      Eliminar
    4. Luís

      Não vale a pena perder muito tempo num comentário sem nexo.
      Basta duas perguntas para desmontar a tua estratégia, então, o sistema não existia, era tudo invenção do Dias da Cunha?

      O líder da seita quando andou anos e anos numa campanha contra o Benfica, também andava numa caça ás bruxas, para desviar as atenções dos maus resultados?

      Eliminar
  3. Quem me manda a mim, cândido ferreiro, malhar em ferro frio!...

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE