terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Pensava eu que os "broncos" tinham emigrado!...


"O título, tão desejado quanto merecido, está quase. Mérito dos jogadores e equipa técnica. Estes jogadores, ao contrário de outros que também formámos, respeitam e têm orgulho de jogar no Sporting. Falta uma direcção que pense o clube como sempre foi: muito mais que o futebol."

Tenho a consciência tranquila: fiz por este adepto leonino tudo o que pude no sentido de trazer para aqui uma imagem apresentável aos olhos dos sportinguistas!...

Para além de não ser simpatizante de perto ou de longe do partido político onde tem feito carreira, perante as suas palavras, confesso não saber o que o homem quer! Que algum sportinguista me ajude, se conseguir descobrir...

Pensava eu que os "broncos" tinham emigrado!...

Leoninamente,
Até à próxima

5 comentários:

  1. Pois, é por este genero de gente que 10 pontos são curtos. Gente desta laia nao precisamos no Sporting. Bem que digo, as hienas por ai continuam á esperanque algo corra mal. É por gente desta que demoramos mais de 20 anos a ganhar campeonatos. E ainda é este tipo de gente que “nos” representa na Assembleia da Republica. Mais palavras para que? SL

    ResponderEliminar
  2. Bote 'bronco' nisso... Esse só prosperou na Sporting TV no tempo do 'bardamerda' que ia levando o clube para as ruas da morte.

    ResponderEliminar
  3. Hélder Amaral não esconde que não gosta do presidente FV como não esconde as saudades da presidência de BdC. Não sabemos o que é que HA entende pelo “Sporting que sempre foi”. Se o do tetra campeonato oferecido ao Benfica no futebol ou o dos 4 títulos de campeão nas modalidades numa mesma temporada. Mas o Sporting que sempre foi também é o dos títulos europeus e mundiais em judo, hóquei, futsal, 2 taças da liga e 1 taça de Portugal em futebol conseguidos já com a actual presidência. Hélder Amaral não rema para o lado para que ruma o actual Sporting e tal como o punhado de saudosistas do passado persiste na oposição sistemática, com agenda própria, à procura de uma solução de vida que a política do partido a que pertence já não lhe dá e que a saída de cena de BdC também lhe retirou. O dinheirinho faz falta a toda a gente, mais a mais agora. Ao Sporting também faz falta, coisa que HA não ignora. Os que lá estão agora têm o mandato para fazer as escolhas de política. Quando houver novas eleições Hélder Amaral pode escolher outro programa e outros protagonistas. Até lá,Hélder Amaral ajudaria em apoiar o Sporting sem “ses e mas”, para que a equipa de futebol mantenha o embalo e a firmeza na perseguição do grande objectivo da época. SL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Helder Amaral se fosse capaz de aplicar na situação actual aquele mínimo de inteligência que presume, com facilidade concluiria que mais valia estar calado. Subscrevo a análise do João Gil. Assim vem ao de cima o mau carácter, egoísmo e, para ficar só por aqui, uma decepcionante lerdeza mental. SL

      Eliminar
  4. Enquanto político, nunca lhe reconheci competência, ética ou moralidade para o desempenho de funções na AR.
    Pese embora a organização partidária a que pertence, me ser completamente indiferente e antagonica às minhas convicções, aquilo que mais destoa, entristece e até envergonha, é a sua postura pessoal, enquanto sócio do clube.
    Demonstra sentimentos recalcados e revanchistas, o que em nada abona o seu carácter e personalidade.
    Mais poderia ser dito, muito mais, mas...por aqui me fico.
    Força Sporting CP

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE