sábado, 20 de fevereiro de 2021

Nunca será demais repetir!...


Força mental de leão

«Apesar da vantagem na Liga e constantes pressões para assumir o favoritismo à conquista do título, Rúben Amorim tem sido muito cauteloso na questão. Já foi estratégia comunicacional. Agora é mesmo realidade. O treinador sabe que é jovem e tem um grupo coeso mas a quem falta o hábito de ganhar. E que hoje o principal inimigo do Sporting na busca pela vitória no campeonato é... o próprio Sporting.

Não falo das lutas intestinas em que o clube é pródigo. De brunistas a claques, de anti-Varandas aos muitos que lhe pretendem o lugar, todos têm tido consciência de que o que a equipa menos precisa é de inimigos internos. E têm apoiado com o silêncio responsável de quem discorda das políticas seguidas mas deseja o melhor para o clube. Ou seja, o título de campeão.

Falo da força mental que o grupo vai precisar para enfrentar a segunda volta. A ressaca da primeira derrota. A reacção a um eventual mau momento qualquer, gerado seja pelo que for. Se este tempo de pandemia nos ensinou alguma coisa, é que só os mais fortes mentalmente resistem. É esta fibra que Rúben e o plantel terão de ter até ao fim. Seja jogo a jogo ou a navegar à bolina.

Futebol e tráfico de droga misturados. O nojo que dispensávamos.»

Nunca será demais repetir!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Publicar um comentário

PUBLICIDADE