quinta-feira, 29 de agosto de 2019

"No limite é culpa de quem vota"!...



Às vezes chegam cartas...

«Há um conjunto de jogadores de difícil colocação, porque como se vai percebendo pelo tempo decorrido não têm pretendentes de nível a pagar pelas suas transferências. A alternativa são os empréstimos sucessivos a clubes de menor nomeada até à extinção dos contratos. Nesse contexto, mais vale libertá-los e deixá-los procurar as melhores soluções profissionais para as suas vidas. Além de inteligente é decente.

Porque havemos necessariamente de apontar culpados quando este ou aquele jogador cessa o seu vínculo desportivo ao clube? Será que Jefferson, por exemplo, não prestou estes anos bons serviços ao Sporting? Pois claro que prestou.

Uma coisa que os jogadores não merecem é estar a 48h de não se poderem inscrever em lado nenhum a treinar à parte, ignorados e como se fossem inferiores aos outros. O futebol em Portugal, com raras excepções, é tudo menos um modelo virtuoso de gestão.

É por ter sido mal gerido ao longo de décadas que o Sporting tem perdido muito mais do que ganho. No limite é culpa de quem vota.

Atirar culpas para cima de pessoas não interessa nada. Interessa é andar para a frente e tentar sempre melhorar. E isso também passa por tratar bem d(os) jogadores. E os que porventura não saírem devem ser integrados e tratados em pé de igualdade com os restantes, porque continuarão nesse caso a ser jogadores do plantel principal do Sporting.»

"No limite é culpa de quem vota"!...

Leoninamente,
Até à próxima

1 comentário:

PUBLICIDADE