quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Mais um caso 'bicudo' resolvido!...




Matheus Pereira já partiu rumo a Inglaterra

Avançado leonino vai reforçar o WBA

Segundo começou a ser avançado há pouco mais de uma hora, Matheus Pereira estará neste momento já a viajar para Inglaterra, tudo apontando para que seja amanhã, último dia de abertura do mercado em Inglaterra, apresentado como reforço do WBA.

O jogador estaria apenas preso pelo passaporte português, que terá recebido durante o dia de hoje e que lhe permitirá obter a licença de trabalho para jogar no Championship.

Ao que se sabe o avançado do Sporting será emprestado até ao final da época, ficando o WBA com uma opção de compra do passe, que terá de ser exercida durante todo o mês de Maio do próximo ano, com um valor de cerca de 9,5 milhões de euros.

Mais um caso 'bicudo' resolvido!...

Leoninamente,
Até à próxima

14 comentários:

  1. Qual a parte bicuda deste caso? Se tem havido jovens promessa que não estão à altura em campo, Matheus não é certamente um desses casos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A "parte bicuda", ao que se sabe, terá sido a exigência dele de que só ficaria no Sporting para ser titular!...
      Sem mais comentários...

      Eliminar
    2. Madeira é capaz de explicar o motivo, para Mateus Pereira, não ser uma opção com Jorge Jesus, José Peseiro e agora com este treinador. Aquilo que nós sabemos é que aquela cabeça não funciona lá muito bem, E um atleta não pode reclamar a titularidade, querer ser vedeta, mas nos treinos vergar a mola, é um problema. Sporting sempre.

      Eliminar
  2. Eu teria assinado logo. Não me parece que ninguem mais ninguém do mesmo nível. Os nossos extremos, este ano, não me convencem. E Matheus é prata da casa, pois claro. Enfim...

    ResponderEliminar
  3. Acho que a opção de compra é obrigatória no caso do WBA subir de divisão. Forte abraço.

    ResponderEliminar
  4. ... e o Bruno Fernandes está por horas! O Manchester United e o PSG estão numa acesa competição, a ver quem consegue reunir primeiro, os 70 M (milhões, que podem ser melões) para dar ao Dr. Varandas...

    ResponderEliminar
  5. Alguém já ouviu MP a exigir ser titular? Alguém já assistiu aos treinos do clube? Alguém conhece, pessoalmente, o jogador, para formular juízos de valor sobre o mesmo? Que o actual treinador reafirmou o valor do jogador e que a situação do mesmo não dependia dele, é verdade. Quanto ao resto, apenas digo que o treinador do Chaves conviveu bem com o "vedetismo" do jogador, bem como o treinador da equipa alemã.
    É uma pena prescindir-se de um jogador com tal valor futebolístico e veremos no futuro o acerto ou desacerto de tal decisão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jorge Jesus, José Peseiro e Marcel Keizer são uns mauzões!...
      E as estruturas do futebol do Sporting, tanto no tempo de Bruno de Carvalho, quanto agora no tempo de Frederico Varandas, eram e são compostas por uma monumental cambada de cegos!...

      A Martins para a estrutura do Sporting, JÁ!!!...

      Eliminar
  6. O único mauzão aqui foi Peseiro, que como o Matheus não o levou apanhar no c* como outrora fez um tal de Rochemback, decidiu encostar o miúdo por causa de um comentário, muito infeliz é certo, mas um comentário.
    De resto, JJ apostou em Matheus muito mais do que em Bernardo Silva, Cancelo, André Gomes ou Nélson Semedo, por exemplo. E daí? Que consequência retira o caro Álamo disso, tirando a de que JJ é pouco de apostar em "canteranos"?
    Sobre Keizer, enfim... Está à vista. É que se fosse só Matheus: E Dala, e Geraldes (bela assistência que fez hoje pelo AEK do Miguel Cardoso), e Miguel Luís (afastado depois de um jogão), e Jovane (esse até o Peseiro viu, mas Keizer só vê o Diaby), e Miguel Bragança, e até o desgraçado do Thierry era o quinto lateral atrás do Ilori e quando jogou afinal viu-se que é capaz de ser o melhor deles todos?

    O Álamo, com o devido respeito, comete com o Matheus a suprema injustiça de o avaliar por aquilo que não vê. Avalie-o por aquilo que vpode ver: viu-o jogar, não muito é certo, com JJ, não viu? Viu-o impôr-se com categoria no Chaves do Luís Castro, não viu? Viu-o chegar com Peserio e partir tudo na ré-época passada, não viu? Viu-o começar tarde e com dificuldades na pior equipa da BundesLiga e acabar nomeado para jogador do ano, não viu? Então porque é que não o avalia por aquilo que efectivamente todos vimos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Longe de mim pretender avaliar Matheus Pereira. Apenas tento avaliar os factos que caem no domínio público e não são, nem no imediato nem nunca, desmentidos pelos respectivos protagonistas. Desde há alguns anos que vem caindo no domínio público o escasso empenho do brasileiro nos treinos...
      Quantos grandes talentes ficaram pelo caminho por falta de cabeça?! Matheus será apenas mais um, se não aproveitar esta última oportunidade!...
      Quando me lembro de Fábio Paim até me arrepio!!!...

      Eliminar
  7. Pelo facto de não ser crente, parece-me não ser ilegítimo duvidar da omnisciência, seja de JJ, JP, K, BDC ou FV. Isto não significa que eu ou qualquer outro que duvide das verdades de hoje, do mundo do futebol, que amanhã até se transformam em mentiras, segundo um antigo filósofo de Guimarães, tenha a pretensão de querer pertencer a qualquer estrutura desse mundo de "escravos", "senhores" e "mauzões". Para que não haja confusões, a única coisa que actualmente me liga ao futebol, como consumidor, é o Sporting, enquanto continuar a ser sócio, e a sua formação e não o futebol em si, outras equipas, competições, selecções, jogadores, treinadores, muito menos dirigentes, opinadores/comentadores ou traficantes/empresários. O mundo do futebol actual, cheio de empresários e milhões, causa-me nojo e desprezo.
    Brincar, gozar ou ironizar, será um direito ou não do autor/dono do "Leoninamente", mas duvidar é caminho que nos pode levar à verdade.
    Quanto a MP, veremos "no futuro o acerto ou desacerto de tal decisão", de uma estrutura que não tem o estatuto de "divina" e que até tem demonstrado muita incompetência, ao longo dos anos. Se a sugestão vencesse, talvez a minha provável incapacidade pessoal passasse invisível, por não destoar, no conjunto.

    ResponderEliminar
  8. E eu quando me lembro da dupla Vercauteren/Godinho Lopes também me arrepio... A diferença é que o Matheus em nada faz lembrar o Paim, já a dupla Keizer/Varandas, infelizmente... Enfim, veremos se não vamos perder mais dinheiro com esta gestão do Matheus do que com o mais valioso dos rescisores...

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE