quinta-feira, 15 de agosto de 2019

"A seu tempo tudo se irá saber"!...


Os irmãos Sérgio e Keizer

«Há algo que é mortífero para um treinador: quando se sente que, como uma epidemia que vai alastrando corrosiva e sem cura, na bancada os adeptos estão fartos dele e que anseiam por um novo feiticeiro que os encante com vitórias e qualidade de jogo. Neste momento, Sérgio Conceição (SC) e Marcel Keizer são irmãos gêmeos na luta contra o tempo de um destino que está escrito nas estrelas, que pode ser madrasto, injusto, mas que se fará ouvir ao som do chicote para acalmar adeptos e salvar estruturas de erros e incompetências. É assim a lei do futebol, cruel com o mais fraco que é sempre o treinador.

SC já não é unânime. O enorme revés da perda do título para Bruno Laje, um arranque medíocre em Barcelos e a queda brutal que deixa nódoas negras para o clube com a eliminação da Champions, foram a gota de água. Sou um admirador de SC, do seu talento, da sua alma de gladiador e sangue de campeão, foi humilde a assumir os erros mas tem culpas no cartório. A equipa não está ligada, está baseada na força e não apresenta a subtileza da criatividade, porém, neste desastroso início de época, a administração não pode fugir a responsabilidades. Gastaram 60 milhões em reforços, contudo subsiste a duvida: porque demoraram tanto tempo a construir um plantel quando tinham um desafio com o Krasnodar tão fulcral para o futuro próximo? E não sabemos como está o grupo, duvido que haja uma união de aço, após o "pequeno desentendimento entre Danilo e SC" confirmado por Pinto da Costa. O treinador vai dar tudo, é esse o seu coração, porém, até ele sabe que já não há paciência no Dragão para ele.

Keizer é que nunca foi consensual, nem quando conquistou duas taças. O cepticismo marcou o seu percurso em Alvalade, o massacre do Algarve e a vergonha da Madeira só incendiaram os sportinguistas contra um Professor Pardal que a medo joga com três centrais e noutro dia faz 26 cruzamentos mas desta vez deixa o seu melhor cabeceador e artilheiro no banco. Bas Dost é caro, mas vale 30 golos se um treinador competente souber armar a equipa para ele. É sobre brasas que caminha o holandês e as imagens de Varandas a perder o controlo emocional no camarote madeirense não ajudam nada para o equilíbrio e racionalidade tão necessários em volta de um colectivo. Keizer, para lá de ainda não ter compreendido o gigante emblema que treina, é como um autista imune à realidade de uma massa adepta que já não tem pachorra para ele como não teve para Peseiro.

Mas se Pinto da Costa pelos inúmeros troféus conquistados tem uma couraça resistente a qualquer crise porque os portistas lhe têm uma enorme dívida de gratidão, por seu lado, sem carisma nem empatia com os adeptos, o presidente do Sporting não tem essa armadura. E até os seus próximos e grandes apoiantes têm na mente que, se não resolver rapidamente este problema, Keizer será o coveiro de Varandas.»
(Rui Calafate, Factor Racional, in Record)

"A seu tempo tudo se irá saber"!...

Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. Ja tu espadinha, vais perfilar como um dos coveiros do SPORTING .

    Vai, segue a cenoura.

    ResponderEliminar
  2. Acho que até um leão como tu vai sorrir : https://www.youtube.com/watch?v=WW1Ow5WLrdU

    ResponderEliminar
  3. O Sporting está cheio de sabichões como este Rui Calafate. Escrever é tão fácil!... Querem tudo para ontem! E depois nunca há um presente e um futuro radiante. Não há presidente nem treinador que os satisfaça. A maior parte deles, nunca deu um pontapé na bola, em termos federados, mas sabem tudo do futebol!... Não veem os treinos, não conhecem as constrições que se vivem nos meandros do clube, mas têm, sempre, soluções salomónicas para tudo! Já eu admito a minha ignorância e, mesmo insatisfeito, com a performance da equipa, racionalmente, só tenho uma resposta para este contexto pedregoso: dar tempo e serenidade a quem decide. A história do futebol leonino, está inundada desta paranoia de recomeços cíclicos! Querem um novo cordeiro sacrificial! Neste caso, um cordeiro holandês! Quando executarem este ritual sacrificial, já estarão a pensar no próximo a sacrificar no clube!... E continuaremos sempre nisto até à derrocada sem retorno do império verde e branco. Se querem este caminho, percorram-no vocês! Eu não serei um godo Alarico para liquidar o Império Romano do Ocidente! E isto mesmo reconhecendo que o imperador Rómulo Augusto era fraco... Varandas também precisa de tempo e maturação, obviamente.

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE