terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Aplauso para a coragem !!!...

Tantas vezes o cântaro vai à fonte, que um dia deixa lá a asa!... É um velho ditado português, cuja assertividade ninguém se atreve a discutir. O "cântaro" que vemos aqui ao lado, vestido com a camisa que todos os dias defende, esquecidos os deveres de isenção e competência que a profissão lhe deveria exigir, foi fazendo, provocatoriamente, sucessivas visitas à fonte de Alvalade. Sem pudor nem vergonha e escrevinhando uma prosa encomendada e a rondar a indignidade, a mentira e a provocação.
Há muito que vínhamos alertando, como aqui, para a injustificável cordialidade com que os responsáveis sportinguistas continuavam a tratar tamanha peça de olaria. Instrumento pérfido de interesses adversários, o uso continuado de um comportamento que sistematicamente atentava contra tudo e contra todos os que ostentassem orgulhosamente no peito o símbolo da sua leoninidade, teria de acabar mal, no dia em que a "paciência" ficasse completamente esgotada e o "cântaro" partisse a asa.
Para além do profundo desrespeito manifestado contra todos os sportinguistas, este "caco" mal moldado e cosido no forno do refugo jornalístico, entendeu também colher na onda vexatória, profissionais dignos e de passado irreprensível, que embora nascidos noutras paragens e professando outros "credos e religiões", assumiram honradamente compromissos com o Sporting e dignamente vão defendendo com honra e profissionalismo o clube que os contratou e lhes paga pontualmente, nos termos acordados.
O pedaço de barro mal cosido que aqui mostro, Luís Sobral de seu nome e de apelido vermelho, jornaleiro no indecoroso MaisFutebol, foi proibido de entrar em quaisquer instalações do Sporting, por o clube entender que é "persona non grata", logo, a não ser merecedor de convite para entrar em nossa casa, onde apenas recebemos quem muito bem entendemos!...
Aplauso para a coragem da decisão!!!...

Leoninamente,
Até à próxima

2 comentários:

  1. Clarinho como água.
    Se outros, em suas casas, se recusam receber quem os mal-trata, porquê só o Sporting se comportar como masoquista?

    Junto-me a ti, irmão de clube, e aplaudo ruidosamente
    Clap! clap! clap! clap!

    ResponderEliminar
  2. Ainda ouço as tua palmas e sinto uma pontinha de vaidade nelas!... E sinto também vaidade pela verticalidade e coragem dos dirigentes do nosso querido Sporting...
    Não são só as vitórias que nos animam. A interpretação do justo sentir de tantos milhões de sportinguistas, será sempre tão ou mais importante que as vitórias. A dignidade não tem preço...
    Um xi com o meu obrigado leonino

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE