segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Estou triste, muito triste !!!...

Um balde de água gelada!... Um tremendo e decepcionante arrepio!... Um soco violento no estômago!... Uma derrota que dói muito!... Haverá muitas mais maneiras para definir o meu sentimento perante esta inesperada derrota. Lembrei-me destas, mas poderia dizer simplesmente, estou triste, muito triste!!!...
Domingos Paciência assumiu na conferência de imprensa que se seguiu ao final de jogo, que o Sporting cometeu em todo o jogo de hoje demasiados erros. Terá dito, na minha opinião, a verdade completa quando a seguir também assumiu a sua quota de responsabilidade nesses mesmos erros.

Godinho Lopes veio a seguir a Domingos Paciência dar expressão institucional aos erros cometidos pela equipa e juntou-lhes, a meu ver muito bem, os erros cometidos pela equipa de arbitragem ao longo de todo o jogo. Pode esta posição provocar azia a muito boa gente, mas sendo verdade, em nome de quê e por que carga de água o Presidente do Sporting deveria calar essa mesma verdade?!...
Olhando agora para dentro da nossa própria casa, penso que todos os dirigentes e responsáveis técnicos do Sporting se aperceberam hoje daquilo que há para fazer no futuro. Aos dirigentes, o jogo terá demonstrado cabalmente que, apesar da vinda de 15 jogadores, ainda haverá importantes lacunas no plantel, restando-lhes apenas três dias para as colmatar, se pretenderem contribuir para que os objectivos traçados possam vir a ser alcançados. Os responsáveis técnicos, na pessoa de Domingos Paciência, ter-se-ão apercebido que é chegado o tempo de pôr termo às experiências e que terminaram os benefícios das dúvidas e as persistentes teimosias em determinados jogadores e conceitos tácticos pouco consistentes. A partir desta terceira jornada e com dois pontos de magríssimo e descoroçoante pecúlio, em tudo o que fizerem terá de haver certezas e muita firmeza. Nunca mais o certo pelo incerto, nunca mais a negação das evidências, nunca mais o sacrifício do colectivo pelas visões pessoais, nunca mais a segurança pelo risco ou impetuosidades do momento, nunca mais a exigência pela complacência com que parecem ser tratados evidentes actos de laxismo, negligência e desrespeito para com o Sporting Clube de Portugal.
Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Enviar um comentário

PUBLICIDADE