quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Uma estrutura curta para grandes decisões!...

O sócio nº 97.960 do SCP
Na sua apresentação de hoje, como «manager» do futebol do Sporting, o professor Jesualdo Ferreira, entre palavras de cortesia e circunstância que o momento naturalmente impunha, deu a conhecer três intenções que muito me agradaram:
 
Criar uma estrutura curta que vai tomar grandes decisões para o Clube.
 
Criar uma direcção técnica e toda a gente a expor-se ao que sabe e ao que não sabe, porque só assim se aprende.

No campeonato há ainda muitos pontos para disputar... e o nosso foco é que a equipa renda e jogue bem.

Três montanhas tremendas se apresentam pela frente do novo «manager». Que precisam de tempo, estabilidade e tranquilidade, para que possam ser transpostas. Exactamente três premissas que com muita dificuldade o Sporting actual lhe poderá oferecer. Mas é um bom ponto de partida!...
O Sporting volta a ser pioneiro no futebol português. Nada que lhe seja estranho. Nada que se possa revelar inexequível. Independentemente de todos os cenários que possam vir a desenhar-se no horizonte...

Leoninamente,
Até à próxima.

3 comentários:

  1. É nas dificuldades que se vêem os grandes homens. Espero que Jesualdo Ferreira faça (ou consiga fazer) um bom trabalho e que daqui por dois/três meses já possamos dizer que valeu a pena!

    Eu tenho alguma esperança. Como já escrevi,em Janeiro muito se decidirá; será julgo que um mês decisivo para perceber onde conseguiremos chegar e certamente que a "limpeza do balneário" será a primeira "montanha" física a ultrapassar.

    Eu acredito, temos de acreditar porque como disse Jesualdo, o SPORTING é muito grande. E toda a sua força não se esgota numa época má (a pior de sempre), mas no valor intrínseco dos seus ADEPTOS que terão que apoiar e não dividir. Força Sporting!

    ResponderEliminar
  2. Caro "cpontoal"

    Esperança no professor Jesualdo Ferreira, também eu tenho, tanta é a sua competência. Mas simultaneamente, temo que o grande universo leonino não lhe dê o tempo nem a paciência que o seu trabalho necessita.
    Fala o meu amigo em meses. O ciclópico trabalho que se lhe apresenta pela frente, necessitará porventura de anos! Claro que tenho a firme convicção de que o pântano em que caímos é tão horrível, que certamente não será necessário esperar muito tempo para notarmos melhoras. Mas o Sporting não precisa apenas de melhorar. Tem de mudar, tem de sofrer uma autêntica revolução, para que não regresse nunca mais, a inconstância de que fala Jesualdo, a começar pelos seus adeptos.

    SL


    ResponderEliminar
  3. Tem razão Álamo. Mas menciono meses porque a curto prazo se perceberá para aonde caminhamos. Efectivamente, que quanto à reabilitação do Sporting, essa levará, provavelmente alguns anos e não serão poucos.

    Quero é acreditar que temos valor como clube, para voltar a ombrear com os outros dois clubes rivais, da Invicta e do outro lado da Segunda Circular e que para isso vamos ter que mudar muita filosofia interna e instalada.

    Carlos Pereira

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE