quarta-feira, 31 de julho de 2019

Todos torceremos pelo sucesso de Thierry!...


Um Thierry de esperança

«Confesso que as saídas de Francisco Geraldes, Domingos Duarte e Mama Baldé, mais as anunciadas rodagens externas de Ivanildo e Matheus Pereira, me deixaram algo desconsolado.

Contava com os seus contributos para esta época, considerando os anos de Sporting que já levam.

Eu sei que há muitas coisas que não sei e que é fácil falar de fora. Não obstante saber tudo isto, não posso deixar de constatar a baixa percentagem de retenção de talentos da formação, olhando para o plantel projetado para a equipa principal.

Num clube formador como o Sporting, o desejável é que pelo menos metade do plantel sénior seja ‘home made’, e estamos ainda longe desses rácios.

Estou seguro que a profunda regeneração que está a ser empreendida em Alcochete produzirá os seus frutos a breve trecho, recuperando a liderança e os fastos de outrora.

Neste contexto, a emergência de Thierry Correia como defesa-direito da equipa, lugar para o qual já vi escrito, que era a quinta(!) escolha, assume foros de reconfortante lenitivo.

Claro que isto deixa Marcel Keizer com a dor de cabeça de saber o que fazer com os outros quatro, mas a boa notícia é que há um jovem talento a pôr as garras de fora e a reclamar primazia.

Espero então várias coisas.

Que sirva de exemplo e inspiração para outros jovens, à procura de oportunidades.

Que sirva de alerta para a equipa técnica, de que há heróis improváveis.

Que Thierry tenha cabeça, humildade e perseverança, porque talento só não chega. Que sirva para lembrar as pessoas que, não obstante a já cansativa campanha de promoção, há mais mundo para além do Seixal. Domingo, lá estarei a torcer pelo sucesso do Thierry.»
(Carlos Barbosa da Cruz, O Canto do Morais, in Record)

Em cada sportinguista, esteja ele onde estiver, haverá um torcedor...

Todos torceremos pelo sucesso de Thierry!...

Leoninamente,
Até à próxima

Sem comentários:

Publicar um comentário

PUBLICIDADE