sábado, 29 de junho de 2019

A gente vai continuar!...


AG: Sócios do Sporting aprovam orçamento 2019/20

Sessenta por cento dos associados disse que sim

Os sócios do Sporting Clube de Portugal aprovaram este sábado, em Assembleia Geral, o orçamento relativo à temporada 2019/20, com 69.01 por cento de votos a favor e 30.99 contra, tendo votado um total de 1.151 associados do Clube. Em termos de número de associados terão votado cerca de 60% a favor e 40% contra.

A reunião magna sportinguista foi suspensa cerca das 18:00 horas quando se procedia à contagem dos votos, na sequência de cenas de violência verbal e física entre alguns associados, tendo sido retomada pouco depois, ao que se sabe, com segurança reforçada.

"... Mesmo na noite mais triste em tempos de escuridão"...

A gente vai continuar!...

Leoninamente,
Até à próxima

4 comentários:

  1. Há meia dúzia de energúmenos no Sporting que não sabem viver em democracia e liberdade. Não têm expressão mas nem por isso devem deixar de ser implacavelmente expostos e levados ao seu lugar, que é fora do Sporting.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao que se sabe, terá sido apenas um associado o responsável pelos desacatos. Sabe-se também que foi devidamente identificado...

      O que espera o Conselho Fiscal e Disciplinar do Clube para o expulsar?!...

      Eliminar
  2. Não sei se são "energúmenos" ou não, o que sei é que um ser humano normal, com uma vida normal e pacífica, pode, por vezes, ser vitima de um descontrolo emocional e fazer figuras "tristes", por não ser capaz de, num momento de exceção, reprimir a ebulição das suas paixões e emoções. Para mim, foi e é muito mais grave uma colocação de "outdoors" na 2.ª circular, a ofender um Presidente em exercício, do que o extravasar de uma emoção ou paixão momentânea. Fui árbitro de futebol e sei do que falo e as figuras que se expõem publicamente, já sabem com o que contam.
    Por outro lado, viver em Democracia é óptimo, mas também um exercício sinuoso e difícil e a Liberdade não é coisa fácil, pois como escreveu Thomas Hobbes, "o homem é o lobo do homem" e o mundo está aí para nos contar o rol das atrocidades humanas, para com os homens e para com a Natureza. Por isso, é bom reduzir as situações à sua exacta dimensão, porque nem mesmo os Presidentes da República estão imunes ao exacerbamento das paixões, mas a memória é curta.
    Expulsar, caro Álamo e João Gil, é a solução? Pois então para "quem nunca pecou que atire a primeira pedra", que eu não sou "puro", nem "eleito", ainda que sócio do Sporting Clube de Portugal, interruptamente, desde 1984 e com quotas em dia. Eu, pecador me confesso.
    Peço desculpa, pelo desabafo e por estar longe de Lisboa e não ter estado no João Rocha, para me pronunciar.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O caro A. Martins, a meu ver e aqui, não tem de pedir desculpa pela expressão dos seus sentimentos, pensamentos e opiniões. Nem nenhum dos sócios do Sporting, com curta ou longa filiação e com as quotas em dia, deixará alguma vez de ser o que é e deixar de ser pessoa civilizada, por discordar de si neste ponto.
      Os povos civilizados, nomeadamente os do Norte da Europa, nunca utilizam os gritos, berros e insultos para fazer vincar o seu papel e a sua opinião, nas sociedades a que pertencem. Fazem-no do modo certo e nos locais apropriados, da única maneira que o estágio civilizacional em que nos encontramos o impõe. Como ainda ontem uma expressiva maioria de sportinguistas o fez no Pavilhão João Rocha. Aos outros, a História deixá-los-à, inexoravelmente, cair no esquecimento!...

      Eliminar

PUBLICIDADE