quarta-feira, 13 de junho de 2012

Quem acredita?!... Eu não!...

Não costumo contribuir para a criação dos cenários especulativos que alimentam as tiragens dos jornais desportivos neste período de defeso. E então no que ao Sporting Clube de Portugal diz respeito, o que eu já teria escrito se me deixasse levar por todos os boatos que já por aí circularam. Mas hoje vou abrir uma pequena excepção, para falar de um caso especial, de um jogador que me habituei a admirar e que com um gesto irreflectido se auto-excluiu para sempre das convocatórias de Paulo Bento. Falo de Ricardo Carvalho, que algumas especulações vem apontando como potencial candidato ao um lugar no centro da defesa do Sporting, por via de uma eventual recomendação de Sá Pinto.
Ricardo Carvalho chegou a ser um dos melhores centrais do mundo. E mesmo com os seus 34 anos, poderia representar uma escolha interessante para o Sporting, se não tivesse a envolver esse seu hipotético ingresso em Alvalade, uma série de limitações e contra-indicações que o seu passado recente potenciou.
À cabeça de todos os factores que limitarão decisivamente o interesse que eventualmente poderia representar para o Sporting, estarão os 34 anos que já lhe pesam nas pernas, as debilidades físicas que patenteou nas últimas temporadas no Chelsea, consubstanciadas nas sucessivas lesões que o apoquentaram nesse mesmo período e as fragilidades psicológicas que o afastaram da titularidade nesta última temporada no Real Madrid, onde apenas foi titular por 8 vezes. Além de tudo isso, Ricardo Carvalho evidenciou, após o episódio lamentável que protagonizou com Paulo Bento na selecção nacional, um quase irreverível afundamento psicológico, a que nem José Mourinho foi capaz de pôr termo e isso será profundamente revelador das suas fragilidades neste campo.
Tivemos ao longo de toda a época passada, a desdita de nos vermos confrontados com o caso de Alberto Rodriguez, uma simulação muito semelhante daquilo que Ricardo Carvalho poderia oferecer ao Sporting, se as especulações e os boatos porventura se viessem a confirmar.
São-me bastante difíceis de admitir as "notícias" que tem dado conta do interesse e da pressão que Ricardo Sá Pinto terá exercido sobre a SAD, para que o jogador venha para Alvalade, pela certeza quase absoluta de que o treinador leonino conhecerá melhor que todos nós a verdadeira camisa de onze varas em que se iria meter. Para além disso o "caso" que protagonizou na selecção, impedi-lo-ia liminarmente de alguma vez criar com a massa adepta leonina a empatia que porventura seria possível, se tal não se tivesse verificado, com a agravante de me parecer tremendamente difícil que alguma vez a marca do seu passado no F.C.Porto pudesse algum dia ser apagada.
Por todas as razões aduzidas, como adepto sportinguista e mínimamente conhecedor do fenómeno futebol, entendo que seria um tremendo erro a sua contratação, sublimado ainda pelo previsível, exorbitante e incomportável salário que naturalmente viria auferir.
Quem acredita que Ricardo Carvalho seria uma boa solução para o Sporting?!... Eu não !...

Leoninamente,
Até à próxima

3 comentários:

  1. Se vier a custo zero, pedir um mordenado modesto só para fim de carreira e, face à sua empatia com Sá Pinto, pudesse prestar os bons serviços de que ainda hoje tenho saudades...
    Eu talvez sim.

    Abraços

    ResponderEliminar
  2. Nem tu própria acreditas no cumprimento das condições que colocaste... E ainda dizes que... "talvez sim"!...
    Assim també eu...

    Abraço amigo

    ResponderEliminar
  3. É só rir!

    Parece que agora o nosso clube é o da pré-reforma.

    abraços

    ResponderEliminar

PUBLICIDADE